Mundo Empresarial Tecnologia e Games

Transformação digital e estratégias empresariais pós-COVID-19

Consultor de negócios da ESIC Internacional dá dicas de como se adequar ao novo perfil do mercado, pois o futuro é e será digital como nunca

Nem CEO, nem CTO. A grande responsável pela aceleração do processo de transformação digital das empresas foi a pandemia da COVID-19. “As companhias que estavam postergando esse processo, estão tendo que reformular sua forma de trabalhar para se adequar no novo perfil de negócios e de consumo”, afirma o consultor de negócios da ESIC Internacional, Alexandre Weiler.

De acordo com pesquisa realizada pela revista Forbes, apenas nos Estados Unidos a Disney+ (canal de streaming) já apresentou um crescimento de 200% durante o período de quarentena se comparado à semana anterior. Outras plataformas também registraram aumento considerável em assinaturas, como HBO Now (90%) e Netflix (47%).

Toda essa transformação digital também é novidade para muitos consumidores. Segundo pesquisa da SmartCommerce, plataforma de comércio eletrônico, quase 40% dos atuais compradores online fizeram sua primeira compra em março deste ano. 

Segundo Weiler, esse movimento veio pra ficar. “Nada será como antes: as compras, as aulas de graduação, pós-graduação, os cursos rápidos, os pagamentos, as consultorias. O mundo online agora, mais do que nunca, é o nosso mundo e precisamos nos adequar”, explica. E graças a tecnologia muitos setores estão vencendo a crise mundial e se refazendo.

O consultor dá dicas de como colocar sua empresa ativa digitalmente e adequar seu modelo de negócio ao novo perfil de clientes, em tempos de coronavírus.

  1. Mudar a cultura da empresa. Não adianta implementar a melhor das ferramentas tecnológicas se a equipe não estiver pronta para essas mudanças;
  2. Capacitar equipe. Uma boa tecnologia só é bem aplicada se o material humano estiver bem preparado para comandá-la. Proporcione treinamentos, cursos e informações aos colaboradores;
  3. Ter um bom departamento de Tecnologia da Informação (TI) ou bons prestadores de serviço. É imprescindível ter um bom suporte para não deixar ninguém na mão;
  4. Foco no cliente. O que seu público quer? O que eles precisam e esperam neste momento? Diante das respostas, busque as soluções;
  5. Testar, errar e corrigir rápido. Quanto mais rápido você se prepara e corrige seus erros, mais rápido terá resultados de suas ações.

Resultado de uma parceria firmada com o Google for Education em 2018, a ESIC Internacional não interrompeu as aulas dos alunos de 6º, 7º, 8º e 9º ano do ensino fundamental do Colégio Internacional ESIC e também dos alunos de graduação, dos cursos de Bacharelado em Administração, Negócios Internacionais e Tecnologia em Gestão Comercial.

Devido à pandemia, todas as aulas estão sendo realizadas no ambiente online, nos mesmos turnos e horários que eram feitos presencialmente. “As empresas precisam se preparar para o novo cenário, e continuar a oferecer seus serviços com qualidade aliada a tecnologia”, afirma o consultor, que é também diretor executivo da instituição.