Mundo Empresarial Novidades

Supera Parque e GasBrasiliano buscam inovações para área de energia e gás

Desafio GABIH – Energia que Transforma tem inscrições gratuitas que vão até o dia 13 de setembro; podem participar projetos acadêmicos, empresas de base tecnológicas e outras instituições

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia, em parceria com a GasBrasiliano, lançou um desafio para empreendedores e startups com objetivo de encontrar soluções inovadoras a serem aplicadas no mercado de gás natural e biometano. O programa DESAFIOS GABIH – ENERGIA QUE TRANSFORMA – 1ª edição, tem inscrições gratuitas que vão até o dia 13 de setembro.

O desafio, que visa conectar atores e conhecimentos, vai selecionar e apoiar o desenvolvimento de projetos e empreendimentos que tenham como foco desafios de operação e manutenção nas seguintes áreas: tecnologia flex Gás Natural x GLP para fogão residencial; calculadora biometano; automatização do PCS – Cromatografia em linha; medição e odorização remota; sistema preditivo de PCP de contratos de clientes e supridores de gás natural.

De acordo com Alex Gasparetto, diretor-presidente da GasBrasiliano, a busca por alternativas energéticas que visem a redução de impactos ambientais e garantam competitividade e eficiência aos setores econômicos será uma pauta cada vez mais importante. “Acreditamos que o GaBih será fundamental para alavancar o avanço nessa área”.

Já Eduardo Cicconi, gerente do Supera Parque, explica que podem participar como proponentes, projetos acadêmicos, empresas de base tecnológicas e outras instituições que já têm soluções, em desenvolvimento. “O objetivo é promover ações que contribuam para o uso consciente do gás, incentivando que o conhecimento seja transformado em soluções reais e efetivas para a sociedade”, complementa.

Seleção de projetos

As inscrições e o edital do processo seletivo estão disponíveis no site https://superaparque.com.br/parque/superalab/. Dia 24 de setembro, será divulgado o resultado da seleção do processo seletivo – que acontecerá em etapas.

O processo seletivo acontecerá da seguinte forma: primeiro, os candidatos deverão submeter sua ideia/proposta preenchendo o formulário online. Os candidatos classificados serão chamados para as próximas etapas.

Em seguida, os candidatos aprovados darão início ao desenvolvimento do projeto com os detalhes necessários e inerentes ao contexto, resultando em um projeto descritivo, de acordo com a proposta de trabalho apresentada na inscrição. Na etapa final, os candidatos classificados apresentarão seus projetos no pitch.

Outras dúvidas podem ser sanadas pelo e-mail da organização: gabih@superaparque.com.br.

Desafios
Desafio 1 – Tecnologia flex Gás Natural x GLP para fogão residencial

Desenvolver um equipamento ou tecnologia direto de fábrica que possa ser utilizada nos queimadores de fornos/fogões de clientes residenciais que permita que o cliente utilize o o Gás Natural ou o GLP sem a necessidade de adaptações (conversões) por profissionais gasistas. Atualmente, os clientes que querem migrar para o gás natural necessitam que um técnico habilitado intervenha no forno/fogão para que os queimadores fiquem ajustados para queimar o gás natural.

O que buscamos: Dispositivo que possa tonar a vida dos potenciais clientes de gás natural mais cômoda, com menos intervenção em seus equipamentos e residências e com maior rapidez para poder usufruir dos benefícios deste combustível.

Desafio 2 – Calculadora do Biometano

Disponibilizar um sistema de cálculo que mensure os ganhos da utilização do biometano em relação a outros energéticos. Projetos envolvendo esta fonte de energia são uma realidade e é preciso fomentar o ganho de escala para que novos projetos de geração de biometano se tornem realidade. Atualmente, há previsão de distribuição de biometano através do projeto Cidades Sustentáveis, que consiste na distribuição em Presidente Prudente e Pirapozinho, sendo o gás proveniente da vinhaça e da torta de filtro da Usina da Cocal, localizada em Narandiba.

O que buscamos: Ofertar uma calculadora dos benefícios da utilização do biometano em relação aos demais combustíveis de forma  interativa e que avalie a dinâmica de certificados ambientais envolvendo o biometano. O sistema possibilitará identificar os benefícios econômicos de sua utilização, incluindo eventuais certificações e créditos de carbono gerados, além de benefícios ambientais, não se limitando à redução das emissões dos gases do efeito estufa.

Desafio 3 – Automatização do PCS – Cromatografia em linha

Disponibilizar um sistema automatizado de tratamento de dados das análises de PCS (Poder Calorífico Superior) com interconexão ao sistema integrado SAP. Atualmente os cromatógrafos efetuam diversas análises ao dia, de forma automática, sem uso de inteligência artificial e sem automatização com os sistemas da companhia.

O que buscamos: Sistema que compile os dados cromatográficos em tempo real, com interconexão ao sistema de dados existente, atendendo  às normas de acreditação e tratamento de dados estatísticos dentro do sistema. A solução estará em linha com um sistema de captação e transmissão de dados remoto de baixo custo.

Desafio 4 – Medição e Odorização Remota

Disponibilizar um equipamento que permita atuar de forma robusta, segura e eficaz na análise e monitoramento da odorização do gás natural/biometano da rede de distribuição. Atualmente, a análise de odorização do gás é feita em diversos pontos ao longo da rede de distribuição, com elevados recursos operacionais. O nível adequado de odorante é muito importante no processo de distribuição do gás natural e é uma exigência regulatória.

O que buscamos: Equipamento que analise o nível de odorante do gás natural/biometano de forma remota e por meio da coleta do gás e análise em linha de distribuição, com transmissão dos dados após etapa analítica.

Desafio 5 – Sistema preditivo de PCP de contratos de clientes e supridores de gás natural (biometano)

Disponibilizar um sistema de parametrização do planejamento de oferta e demanda de gás natural/biometano, considerando os diversos contratos de fornecedores e usuários. Atualmente, o planejamento é feito manualmente, o que pode levar aà ineficiências no processo entre as partes envolvidas.

O que buscamos: Um sistema preditivo de programação operacional considerando o portfólio de contratos de suprimentos e a demanda de gás dos usuários a fim de aumentar a rentabilidade da companhia através de uma melhor gestão do seu portfólio de contratos e de garantir o atendimento às necessidades dos usuários.