Cultura Educação

Restauro do Museu da Língua Portuguesa é tema de live na Jornada do Patrimônio

Bate-papo é nesta quinta (5), às 15h; programação também conta com performance do bailarino Eduardo Fukushima

O processo de restauro da Estação da Luz, onde fica o Museu da Língua Portuguesa, é tema de uma live, nesta quinta (5), às 15h, dentro da programação da Jornada do Patrimônio, organizada pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. O arquiteto Wallace Caldas, sócio da Velatura Restaurações, conta como foi o trabalho de reparo e reforma do prédio que é um dos cartões-postais da capital paulista. A live vai ser mediada pela coordenadora do Educativo do Museu da Língua Portuguesa, Marina Toledo, com transmissão nos perfis da instituição no Facebook e no YouTube.

Instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Museu da Língua Portuguesa ficou fechado para reconstrução desde 2015 e deve ser reinaugurado no primeiro bimestre de 2021. Antes disso, em quase 10 anos de funcionamento, recebeu quase 4 milhões de visitantes, que viveram a experiência de se conectar ainda mais com o idioma, suas origens, sua história, suas influências e as formas que ele assume no cotidiano da população.

Também como parte da programação da Jornada do Patrimônio, o Museu da Língua Portuguesa exibe a performance “Silêncio”, do bailarino Eduardo Fukushima, gravada dentro do museu, vazio e em silêncio. O vídeo fica disponível no YouTube da instituição, na quinta (5) e sexta (6).