Mundo Empresarial

Quer otimizar a gestão de sua empresa? Confira cinco ferramentas essenciais

Por Otto Pohlmann *  

A empresa pode ter uma proposta inovadora, um produto de qualidade e até excelentes profissionais. Mas, se ela não tiver uma boa gestão, dificilmente vai crescer em seu segmento. Saber criar e administrar os processos e a operação de um negócio, a ponto de registrar lucro e ter retorno do investimento, é um dos principais desafios que empresários e diretores enfrentam. Felizmente, essa é uma tarefa que não precisa mais ser feita manualmente ou sem apoio. Há soluções de TI que podem – e devem – ser utilizadas para otimizar a gestão e monitorar o dia a dia corporativo. Quer saber quais são? Confira cinco ferramentas essenciais para qualquer organização:  

1 – Controle de dispositivos desktop e mobile 

Quando se fala em usar a tecnologia para melhorar e automatizar a gestão de qualquer negócio, o primeiro passo a ser dado é controlar e gerenciar todos os dispositivos utilizados no dia a dia. Isso inclui tanto os equipamentos desktop quanto os mobiles utilizados pelos colaboradores (principalmente em um cenário de trabalho remoto por conta da pandemia de covid-19). Essa centralização é importante para fornecer uma visão completa de tudo o que está em uso pelos profissionais e até para encontrar – e encerrar – possíveis brechas de segurança que possam comprometer a operação da empresa.    

2 – Proteção da infraestrutura de TI  

A partir do momento em que os gestores conseguem ter um controle de todos os equipamentos, é preciso protegê-los de ameaças externas. A aceleração digital tem bônus, mas há também o ônus: crescentes ataques de cibercriminosos. É preciso, portanto, buscar soluções que protegem a infraestrutura de TI da ação desses hackers que aproveitam todos os buracos que encontram. Entre as alternativas estão gerenciamento de logs, controle de senhas e administração das redes corporativas.  

3 – Gerenciamento de aplicações  

A digitalização dos processos corporativos avançou de tal modo que mesmo as empresas que atuam exclusivamente com negócios off-line precisam de APIs em seus processos. A sigla refere-se às necessárias aplicações com que as organizações contam para conectar diferentes soluções e serviços, permitindo que os dados possam trafegar de um departamento a outro sem ruídos. Um gerenciamento adequado consegue reduzir o tempo de resposta a qualquer problema que apareça e até monitorar a experiência do cliente que utiliza esses sistemas.  

4 – Utilização da nuvem   

A tecnologia de cloud computing já não é tendência há algum tempo. Com a aceleração da transformação digital nos últimos anos, soluções em nuvem tornaram uma realidade bem comum nas empresas, grandes ou pequenas. Elas oferecem novas oportunidades, como agilidade nos processos e até a criação de novos modelos de negócios. Em relação à gestão, a nuvem permite monitorar servidores e sites, armazenar dados com segurança e realizar o backup de forma eficiente.   

5 – Administração dos usuários 

Por fim, melhorar a gestão da empresa a partir das ferramentas de TI implica coordenar o acesso e os perfis de todos os usuários que podem ter acesso às redes corporativas. Essa é a função do Active Directory, uma espécie de banco de dados que traz os contatos e as permissões que cada profissional tem dentro da rede. É uma solução primordial, uma vez que cibercriminosos podem roubar essas informações para entrarem em áreas sigilosas. Dessa forma, é preciso complementar o AD com sistemas que monitorem, gerenciem e auditem esses dados.