Mundo Empresarial

Quer impulsionar ou fazer uma transição de carreira em 2021? Saiba por onde começar!

Levantamento mostrou que 30% das mulheres que buscaram mentoria profissional em 2020 desejavam preparar uma transição de carreira

Para quem deseja impulsionar ou fazer uma transição de carreira profissional em 2021 e não sabe por onde começar, uma dica é focar no planejamento. Listar possibilidades de atuação alinhadas às suas aptidões e fortalecer redes de networking estão entre os passos essenciais desse plano. Além disso, formar uma reserva financeira de emergência – caso a sua escolha seja trocar um emprego formal por outro ou até mesmo empreender – , e prestar atenção ao que o mercado está buscando também deve fazer parte da programação. 

Um levantamento realizado pela Badass Mentoria Profissional apontou que 30% das  mulheres que buscaram orientação em 2020 tinham como objetivo fazer transição de suas carreiras, seja para empreender ou crescer profissionalmente. Entre os principais motivadores dessa busca está a crise desencadeada pela pandemia e o entendimento de que as profissões estão mudando muito rápido e que é preciso  se preparar para essas novas nuances.

A busca por diversificação de atividades e por novas fontes de renda também se tornou mais urgente entre as mulheres no ano que passou. “2020 nos mostrou que nossa sobrevivência depende da nossa capacidade de adaptação e de reação diante dos fatos e circunstâncias. Por isso, exercer mais de uma atividade profissional e não depender de uma única fonte de renda é algo que faz cada vez mais sentido e que se intensificou”, analisa Rafize Santos, mestre em Filosofia pela UFPR, mentora e fundadora da Badass.

Além da transição de carreira,  o levantamento realizado pela Badass também apontou outros perfis predominantes de mulheres que buscaram auxílio de uma mentoria profissional em 2020: líderes que procuraram se desenvolver mais, empreendedoras que procuraram movimentar seus negócios e profissionais que procuraram fazer análise de possibilidades e planejamento de carreira por conta das mudanças constantes no mercado de trabalho.

Orientação

A administradora Samanta Fiorentin procurou a mentoria pois se sentia muito perdida em sua carreira, não estava feliz com o caminho que trilhava e não conseguia enxergar um norte. “A mentoria me ajudou na transição de carreira, de cidade, de estilo de vida, e foi um grande divisor de águas para mim! Ainda hoje sigo com a mentoria pois sempre que me sinto em dúvida sobre alguma questão do trabalho, sei que vai poder me ajudar”, relata

Planejamento

Rafize explica que planejamento foi um fator importante para muitas profissionais que conseguiram impulsionar suas carreiras no ano que passou. “2020 foi o ano que foi e mesmo assim o que planejei na mentoria foi cumprido! Quando retomei a frase que ficou para o que esperar de 2020 não acreditei: foi exatamente o que foi conversado em nossa sessão. Não foi nem de longe como eu imaginava, o importante é que aconteceu”, relata Claudia Cacau Folador Rocha, que trabalha com terapias naturais e procurou a mentoria porque sentiu uma necessidade de estruturar um olhar para seus valores internos e como se refletem nos seus atendimentos e nos produtos que vende.