Últimas

Projetando Cidades chega à Curitiba

Projeções e instalações luminotécnicas que transformam o ambiente por alguns instantes, trazendo o olhar do espectador para uma nova possibilidade de arte integrada à arquitetura, aos espaços e ambientes. Esta é a proposta do Projetando Cidades, projeto criado por Fredy Kowertz no intuito de atrair a atenção para as novas possibilidades que se abrem diante das artes digitais e tecnológicas.

“O movimento e as texturas das imagens projetadas transformam fachadas em telas de exibição que, com possibilidades infinitas, promovem reflexão e inspiração”, diz Kowertz, que depois de anos atuando como criador de projetos culturais, produtor técnico em festivais e exposições por todo o Brasil, decidiu investir em suas próprias criações, também.

A ação de abertura será uma intervenção urbana de projeção mapeada, com roteiro que vai do baixo São Francisco até o início da Alameda Júlia da Costa. Buscando uma discussão imagética sobre o que é a natureza urbana, Fredy Kowertz projeta elementos como paisagens, cachoeiras, rios, árvores e florestas, sugerindo o que ali antes existia, e que em algum momento foi retirado para dar lugar ao concreto e asfalto do centro de Curitiba. Os vídeos contam com a trilha sonora de uma música inédita do grupo internacional de electro- trip-hop ÜDid.

Em sua segunda edição, Projetando Cidades 2022 envolve exibições, instalações e oficinas educativas, no intuito de promover e disseminar as tendências das artes digitais e tecnológicas a potenciais novos artistas. Exibições, exposições e oficinas em cinco ruas da Cidadania das regionais do Boa Vista, Pinheirinho, Carmo, Fazendinha e Santa Felicidade formam a programação. A primeira edição aconteceu em várias cidades do interior do Paraná.


Serão cinco dias, um em cada regional, com uma programação de dia inteiro com uma instalação de projeção interativa criada por Fredy Kowertz, na qual as imagens projetadas reagem aos movimentos e sons gerados pelo público; e com a exposição “Lusco-Fusco”, contendo vídeos e gifs de arte digital assinados por artistas nacionais e internacionais. Com curadoria de Flávio Carvalho, as obras serão apresentadas em televisores instalados em espaço público nas ruas da Cidadania.

Encerrando o dia de atividades, uma instalação de Projeção Mapeada Interativa por VJ FKz nas paredes dos prédios das Ruas da Cidadania e arredores, criando vida e interação com a arquitetura dos espaços e das regiões.

As mesmas regionais receberão também dez oficinas, para vinte alunos cada. Serão duas em cada regional, com conteúdo interativo e abarcando os temas de projeções e artes digitais. “Projeções e Instalações Tecnológicas” será ministrada por Fredy Kowertz, professor de produção cultural e especialista em produção técnica, que vai apresentar conceitos de iluminação e equipamentos técnicos, finalizando com uma Montagem rápida de uma projeção mapeada e interativa junto aos alunos.

A segunda oficina, “Introdução a Arte Digital”, ministrada por Flávio Carvalho, professor de “Estéticas Digitais” da especialização em Cinema da Universidade Tuiuti do Paraná, vai falar sobre a história das artes digitais para em seguida, explanar o seu conceito curatorial do projeto proposto. “A ideia das oficinas é desmistificar a inacessibilidade da produção de arte digital e incentivar novos artistas”, diz Freddy.

No dia 30 de junho, encerrando a programação, será ministrada a oficina online De Arte E Tecnologia, Técnica e Tendências das Novas Produções Culturais, também  por Fredy Kowertz. Aberta ao público em geral, esta oficina exige a inscrição previa pelo link https://bit.ly/3llZfRV

No curso, com duração de quatro horas, serão abordados exemplos e casos de festivais e eventos que estão inovando e apresentando novas tendências em produções presenciais virtuais. Ao falar dos novos recursos imersivos e tecnológicos que estão em alta nos grandes eventos e festivais de todo o mundo, Fredy busca instigar os participantes a se aventurarem nas novas possibilidades das produções digitais.

Projeto Projetando Cidades é realizado com recursos do Programa de Apoio de Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba

Serviço:

Projetando Cidades 2022

Programação:

05/06

PROJEÇÕES NO CENTRO DE CURITIBA COM A INSTALAÇÃO

“NATUREZA URBANA” POR FredyKz.

09 a 28/06

Exposição de Arte Digital “Lusco Fusco” nas paredes dos prédios das Ruas da Cidadania e arredores das regionais Boa Vista, Pinheirinho, Boqueirão, Fazendinha e Santa Felicidade, das 13 às 19h

Projeções Mapeadas por FredyKz das 18 às 20h

10/06 – Regional Boa Vista

15/06 – Regional Pinheirinho

21/06 – Regional Boqueirão

24/06 – Regional Fazendinha

28/06 – Regional Santa Felicidade

09 a 28/06

Oficinas para turmas das escolas estaduais e grupos artísticos das ruas da cidadania. Turmas fechadas.

30/06: Oficina online de Arte e Tecnologia, Técnica e Tendências das Novas Produções Culturais, por Fredy Kowertz.

Carga Horário: 04 horas

Turma aberta a todos públicos: até 100 alunos

Link para Inscrição:

https://www.sympla.com.br/oficina-online-de-arte-e-tecnologia-tecnica-e-tendencias-das-novas-producoes-culturais__1582881