pratique pilates
Bem Estar Fabiano Cristopoliski Novidades

Melhore o desempenho na corrida: pratique pilates

Exercício previne lesões e ajuda na reabilitação. Está na hora de se exercitar. Mas, preste muita atenção à preparação física adequada, evitando assim as possíveis lesões decorrentes de uma tentativa de alcançar de imediato a forma física correspondente à auto-imagem corporal, que nem sempre é fiel à realidade.

É preciso ter cautela para readaptar o corpo a uma função para cuja execução ele está despreparado. A corrida é uma atividade que exige técnica. O ideal é contar com a orientação de um profissional especializado, que será capaz de indicar o treinamento adequado.

É necessário desenvolver uma planilha de treinamento progressiva, a partir de uma avaliação inicial, levando em conta o condicionamento físico, a experiência prévia de movimento e as questões emocionais que possam interferir na performance do atleta.

Além disso, é preciso bastante atenção ao tênis escolhido para a prática e ao tipo de terreno — de preferência, correr na grama, para proteger as articulações e tecidos corporais de lesões mais freqüentes, como fraturas por estresse na tíbia, fascite plantar e lesões nos joelhos e tornozelos.

Pilates pode ajudar a desenvolver o aperfeiçoamento das técnicas de corrida

Seja qual for o grau de intimidade com o esporte, seja o atleta novato ou profissional, o método Pilates pode ajudar a desenvolver o aperfeiçoamento das técnicas de corrida. Sabemos que, para maior eficiência e segurança, durante as atividades físicas é preciso concentração e respiração adequada e eficiente, controle de centro e da interação e compromisso com todo o corpo, precisão e economia de esforço, fluência de movimentos e ritmo.

A estabilidade dinâmica do tronco e a coordenação adequada deste com os braços e as pernas, além do ótimo alinhamento de todo o corpo, ditam as regras de uma boa corrida. Todos esses elementos são trabalhados no Pilates – técnica cada vez mais utilizada por atletas de diversas modalidades para maximizar os resultados esportivos.

As vantagens desse método são inúmeras, tanto na melhora da performance e na prevenção de lesões quanto na reabilitação. Os benefícios do Pilates vão desde a aquisição e manutenção de uma boa postura, fundamental para melhorar o aproveitamento biomecânico, evitando sobrecargas nas articulações, ossos e músculos e trazendo maior economia de energia.

“Pilates:técnica cada vez mais utilizada por atletas para maximizar os resultados esportivos”.

Exemplos de atletas

Um exemplo bem sucedido do uso das técnicas de Pilates é o triatleta, da nova Zelândia, Hamish Carter. Com as práticas do método durante sua preparação técnica, ele adquiriu um alto nível de controle físico e mental, indispensável nas provas das quais participa, reduzindo a ansiedade e harmonizando os desequilíbrios inerentes à modalidade.

Vinícius Lago, outro triatleta de sucesso, professor de educação física e proprietário do clube de corrida Top Running, também usufrui do Pilates para garantir seu bom desempenho nas corridas. Ele foi o primeiro colocado da Bahia, o 13º do Brasil e 23 º do mundo no Iron Man Brasil, em Florianópolis, na categoria profissional.

Segundo o corredor, o Pilates fez com que ele conseguisse resultados mais expressivos em suas competições. ” Pilates me lapidou, mudou minha postura, a respiração e a consciência corporal. Enquanto meus adversários estavam cansados durante as provas, eu tinha economizado energia e a aplicava nas horas certas”, explica Vinícius.

Como começar?

Para o praticante de corrida, principalmente os iniciantes, um dos mais constantes incômodos é aquela dorzinha abdominal, geralmente, na lateral. Isso acontece quando se respira errado durante o exercício e pode ser corrigido facilmente por meio da técnica de respiração utilizada no método de Pilates.

corridaAntes de ir às ruas, seguem algumas dicas do Pilates para você intensificar o seu treino: respire profunda e calmamente, equilibrando o emocional, ativando todos os sistemas corporais. A seguir, coordene cada passada a uma respiração dois passos inspirando e três expirando e, durante cada expiração, use a imagem de que a coluna começa na base da pélvis e que você recolhe a urina para dentro e para cima, da base até o topo da cabeça. No mais sorria, relaxe e divirta-se com o ar da estação.

Fonte: www.minhavida.com.br

 

Fabiano Cristopoliski

 

Fabiano Cristopoliski, Educador Físico e Personal Trainer.

No Portal Believe News Fabiano dará dicas de exercícios físicos para uma melhor qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *