Bem Estar Bon Vivant Tecnologia e Games

Perfil no Instagram se transforma em “respiro” para aliviar estresse

A designer Ale Nogueira e a jornalista Isabela França iniciaram, em dezembro de 2019, um projeto de transformação da Revista Mais em uma plataforma de notícias com foco na estética do belo e do inusitado. Com a pandemia e o consequente isolamento social, tiraram o pé do acelerador do projeto e mantiveram as publicações no Instagram. 

O que elas não imaginavam era que o perfil da rede social criaria um grande engajamento de pessoas que buscavam na internet um espaço para fugir do cotidiano. “Sabíamos que o conceito da Mais era trazer coisas boas e bonitas para o público, pois já tínhamos tido a experiência da revista impressa, que circulou por sete anos”, explica a designer e idealizadora da revista, Ale Nogueira. Porém, o feedback que o perfil do Instagram obteve foi além disso. 

.

“Notamos que as pessoas estavam ávidas por coisas leves. O noticiário pesado e amedrontador da pandemia e a necessidade de isolamento deixaram todos mais sensíveis e as nossas postagens passaram a ser um respiro neste cotidiano estressante”, conta. Com isso, a ideia foi ganhando outros contornos e cada vez mais se foca em trabalhos, serviços e produtos que tornam o mundo um lugar melhor e mais bonito. 

Amigas desde a infância

Ale e Isabela são amigas desde o colégio. Escolheram áreas afins na faculdade e já trabalharam juntas em muitos projetos bem-sucedidos de comunicação. Fora do ambiente profissional, a dupla tem como marca registrada o bom gosto e a contemporaneidade. Apreciam bem estar, arte, design, arquitetura, moda, gastronomia, vinhos e viagens. Estas áreas de interesse comuns compõem o universo contemplado pela Mais. 

Elas contam que todos os trabalhos que desenvolveram nestas áreas acabavam sendo feitos com muito prazer. “É bom trabalhar com o que se gosta”, dizem. Foi o que acabou acontecendo com o perfil da Mais no Instagram. “Como nós estávamos sensibilizadas e precisando de um ‘carinho’ fomos pouco a pouco colocando isso nas nossas publicações e percebemos que havia muito mais gente na mesma situação”, comentam. A ideia, agora, é que a plataforma digital da Revista Mais enfatize este viés,  criando um círculo virtuoso de coisas boas e belas na linha do “gentileza gera gentileza”.