aulas de teatro na adolescência
Educação Novidades

5 benefícios das aulas de teatro na adolescência

Ator e professor, Rafael Santos, lista os principais benefícios da atividade artística para o desenvolvimento juvenil

Mais do que um hobby ou uma arte, o teatro pode ser incorporado à educação e trazer inúmeros benefícios para as crianças e principalmente para os adolescentes. Por meio das aulas de teatro os alunos podem não apenas participar de um universo lúdico, mas também podem encarar benefícios que duram a vida toda, como por exemplo, estimula o autoconhecimento, melhora a comunicação, aumenta a criatividade, incentiva a leitura, responsabilidade, comprometimento e outras diversas outras vantagens que podem ajudar os jovens e adolescentes que estão vivendo a fase de transição para o mundo adulto. Pensando nisso, o ator, maquiador, diretor e professor Graduado em Teatro Licenciatura, Rafael Santos, listou alguns benefícios da modalidade como forma de desenvolvimento pessoal para os jovens.

1. Favorecem a interação entre os jovens

teatroQuando desenvolvidas, as aulas de teatro permitem que os alunos interajam mais entre si, ou seja, ajuda a eliminar as barreiras frequentemente encontradas dentro das escolas, onde se criam as panelinhas. Mas também melhora no convívio com os pais dentro de casa, em que ao invés do isolamento, haja uma integração, conhecimento do outro e formação mais forte dos laços. “O teatro é um grande estimulador no desenvolvimento de novas amizades, pois as aulas também são componentes importantes para diminuir ou mesmo em ajudar a evitar o bullying.” Aborda Rafael.

2. Aumenta a autoestima

teatro na adolescênciaA elevação do autoconhecimento e o estímulo às relações entre os alunos também tem um papel fundamental para a elevação da autoestima. Isso é muito importante porque quanto mais cedo a criança constrói uma imagem positiva de si mesma, mais confiante será quando adulta. Para adolescentes, trabalhar a autoestima também é importante em um momento de tantas transformações físicas e emocionais. O ator ainda explica que com o teatro, os alunos se sentem mais livres para se expressar e para serem quem são. “Com o desenvolvimento das habilidades de atuação, canto, dança e assim por diante, vão tendo uma imagem cada vez mais positiva sobre si enquanto indivíduos” explica.

3. Estimulam o autoconhecimento e a comunicação

No teatro, os adolescentes podem interpretar diversos personagens e neste processo, acabam descobrindo mais sobre si mesmos. Muitas vezes rola a identificação com os personagens e com isso, tanto as crianças quanto os jovens, assim como qualquer outra pessoa que faz uso da prática teatral, acaba entendendo mais sobre ela mesma e com isso passa a ter mais autoconhecimento. Por sua vez, como passam a saber mais sobre si mesmos, são capazes também de expressar mais facilmente suas vontades, medos ou dúvidas, facilitando assim a comunicação entre pais, professores, amigos e em diversas situações. “Podemos citar também a facilidade em apresentações de trabalhos, na sala de aula, que é um problema onde muitos jovens passam e também todos nós já passamos, pela pressão de ser analisado pelos amigos e professores” acrescentar o diretor.

4. Responsabilidade e comprometimento

Assim como qualquer outra atividade que se propõem a fazer, o teatro também é uma responsabilidade que envolve horários, ensaios e preparação, além do trabalho em equipe. Com isso, desde cedo os jovens começam a entender a importância de trabalharem de maneira colaborativa e, principalmente, de ter responsabilidade com suas funções, o que no futuro, e no mercado de trabalho serão essenciais para se destacar dentro da área de atuação. Com impactos na infância, adolescência e fase adulta, é uma das formas mais efetivas de desenvolver uma série de habilidades no ambiente escolar.

“Além disso, as aulas, deixam as pessoas mais integradas, comunicativas, confiantes, criativos e responsáveis.” explica Rafael

5. Estimula a criatividade e aumenta o interesse pela leitura

Como no teatro necessita ler o roteiro, fazer compreensão da história, conhecimento do personagem, estudo do autor e entender as entonações das escritas nas falas, o impacto na criatividade, imaginação e leitura são fatores essenciais para os adolescentes e jovens que muitas precisam exercitar a mente para outras atividades como por exemplo as provas bimestrais. “Além disso, o teatro desenvolve o interesse em buscar e conhecer novas histórias, tornando-se leitores mais assíduos”. Finaliza o professor.

Quem é Rafael?

Rafael Santos é Ator Graduado em Teatro Licenciatura no Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio – CEUNSP, Salto/SP. Iniciou sua carreira com o curso de iniciação teatral com Charles Ferreira, além de já ter participado de diversas oficinas de teatro, corpo, voz, musical, jazz e entre outros. Cursou escolas de teatro como Studio do Ator Minotauro Ouvidor, ETA – Estúdio de Treinamento do Ator, Haber Tecnique Treinamento e além do “Workshop de Canto para Teatro Musical”- Ronnie Kneblewski, Aulas de Jazz – Studio Dance Girassol e Oficina Teatro Musical – com o ator Saulo Vasconcelos. Além do vasto currículo, o ator já recebeu diversos prêmios nos anos de 2004 a 2009 através da Mostra Estudantil de Teatro de Salto/SP. Atuou em montagens consagradas de peças como: “Nossa Cidade” de Thornton Wilder – direção de Alexandre Caetano, a peça “Querô – Uma reportagem Maldita” (Trabalho de conclusão de curso, apresentado em 2015),”Hair Spray – O musical” – Cia Teatral Apocalipse, direção de Alexandre Ximarelli, “Mamma Mia – O musical” – Direção de Chicó Ferreira,Yara Napoli, Leandro Mendes e Michelle Torquato, “A Bela e a Fera – O musical” – Direção de Yara Napoli, Leandro Mendes e Iara Fioravante e também foi diretor cênico do festival de dança da escola Branta Institui – Itu, de 2017, com a peça “A encantada”, direção geral de Iara Fioravante. Recentemente foi reconhecido com o mérito de Melhor Ator-Coadjuvante, no Festival de Teatro 2017 no município de Salto/SP. Atualmente, além dos espetáculos, é proprietário da empresa de Maquiagens Artísticas “Maquiarte” e também é professor de teatro do Escola de Artes Yara Produções Artísticas, onde ministra oficinas teatrais para projetos que contribuem na formação do caráter pessoal e cultural dos jovens.

Serviço:

Escola de Artes Yara Produções Artísticas
– Venha fazer sua aula experimental –

Local: Rua Dr. José Paula Leite de Barros, 91 – Centro – Itu/SP

Telefone: (11) 2715-1222

E-mail: yaraproducoesartisticas@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.