Mundo Empresarial Últimas

Mesmo longe do campo, microfranquia de agronegócio é uma oportunidade para empreender

O dinheiro extra do 13º salário pode ser uma oportunidade para começar o próprio negócio, principalmente quando o assunto é investir em uma franquia. Sem a necessidade de começar algo do zero, e contar com o suporte de uma marca já reconhecida no mercado, é possível usar esse dinheiro para pagar ao menos boa parte da taxa de franquia, por exemplo.

As microfranquias – redes com investimento inicial até R$ 105 mil – são um dos formatos mais buscados por empreendedores durante a pandemia, sendo que muito desses negócios baratos permitem que o investidor trabalhe sem precisar sair de casa.

O primeiro passo a analisar é o segmento e perfil para empreender, mesmo que seja necessário se adaptar às necessidades do mercado. Por exemplo, para investir em algo que envolva vendas é necessário ser uma pessoa comunicativa e efetiva, além da facilidade de lidar com o público e saber entender as necessidades individuais do cliente para encontrar a melhor solução. Isso faz toda a diferença dentro do negócio!

É o caso de franquias no segmento de agronegócio que antes de oferecer o produto ao produtor é preciso compreender as deficiências sentidas por ele no campo.

Matheus Ferraz, diretor executivo da franquia Reino Rural Saúde no Campo – especializada em produtos agropecuários como suplemento nutricional animal e fertilizantes – conta que o diferencial para investir nesse setor está em conhecer o mercado e dominar o assunto, caso contrário, o desconhecido pode não compensar. “Uma das grandes vantagens de investir em franquias está no suporte dado ao franqueado ao longo da operação. Depois, vai da dedicação desse empreendedor, em estudar inclusive, os produtos e serviços que está vendendo. Isso com certeza reflete no faturamento”, diz o executivo.

Negócio barato

A rede atua exclusivamente home office, com investimento inicial a partir de R$45.990 (incluso taxa de franquia, mais capital de giro e instalação do negócio). O faturamento é muito atrativo e pode chegar a R$ 57.746,36, conforme o desempenho do franqueado. O retorno do negócio é muito rápido e em cerca de 4 a 6 meses é possível recuperar o dinheiro investido.

O franqueado atuará com vendas através de call center, comercializando os produtos pecuários e para lavouras da marca própria da Reino Rural, direcionados para fazendas, sítios, chácaras e produtores de pequeno, médio e grande porte. Ou seja, é necessário apenas o uso de computador, internet e telefone para condução do negócio.

No mercado de franchising há exatamente um ano, a Reino Rural soma 21 unidades espalhadas em 13 estados.

Facilidades de pagamento

Para flexibilizar a entrada de novos empreendedores, a Reino Rural oferece a possibilidade de parcelar a taxa de franquia (R$ 34.900), sendo 50% de entrada e o restante dividido em até três vezes no PIX, boleto ou cartão de crédito.

“Essa é uma das alternativas que oferecemos para quem quer empreender, porém dispõe de capital reduzido e possibilita dar um alívio no orçamento inicial, já que o valor do investimento é diluído mensalmente. Vale lembrar que é importante que esse investidor se organize antes de optar pelo parcelamento e adicione esse valor no orçamento de cada mês para não acabar se perdendo no planejamento”, finaliza o diretor executivo.

Um dos maiores PIB do Brasil

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio teve alta de 0,4% no terceiro trimestre de 2021, já no acumulado de janeiro a setembro o setor avançou 10,79%, é quase 1/3 do PIB nacional, o que representa R$ 238 bilhões.

Segundo especialistas, o aumento do PIB está atrelado ao segmento de insumos agrícolas que foi puxado pelo desempenho da agricultura e pela alta importante dos preços, sobretudo dos fertilizantes e das máquinas agrícolas. A indústria de fertilizantes projeta um importante crescimento de 66,11% do faturamento anual, resultado que reflete a alta de 42,92% dos preços, na comparação anual, e crescimento de 16,22% da produção esperada para 2021.

Sobre a Reino Rural Franchising

A Reino Rural Saúde no Campo chegou ao mercado em 2014 por meio do empresário Matheus Ferraz oferecendo uma linha de produtos agropecuários (Suplemento Nutricional Animal e fertilizantes) de alta qualidade visando o aumento da eficiência e da lucratividade do produtor rural. Em 2021 a marca se lançou no mercado de franquias para capilarizar a expansão em todo o Brasil. Com modelo de negócio home office, tem investimento a partir de R$ 45.990 com retorno previsto de 4 a 6 meses. A rede possui unidade em 12 Estados e 1 no Distrito Federal.