Cultura Últimas

Exposição virtual permanente resgata história do ofício, da pedra lascada à sociedade 5.0

Uma das formas de chegar ao auto-conhecimento de um indivíduo é reconhecer o passado e aprender com ele, para idealizar o futuro. E se esse passado pudesse ser explorado sem sair de casa, com acesso a informações específicas e pontuais dos objetos que despertam sua curiosidade? É isso que se propõe a exposição virtual 360º “A Arte do Ofício”, realizada a partir desta semana pelo Sesi Cultura Paraná, Gerência Executiva de cultura do Sesi – Departamento Nacional, Federação das Indústrias do Espírito Santo por meio do Sesi – ES e a gerência de Educação do Sesi Paraná.

Trata-se de uma exposição que tem seu DNA 100% conectado com a indústria, e conta a história do homem a partir do desenvolvimento das suas ferramentas e dos materiais utilizados por ele ao longo dessa trajetória. Estruturada em seis módulos, a concepção artística que permeia os ambientes, estabelece através do conteúdo expositivo, uma conexão clara entre os ofícios, as profissões e a arte.

Esta edição de “A Arte do Ofício” conta com a curadoria de Rosa-Nina Liebermann e traz visitas guiadas legendadas e em libras, tornando-a uma experiência imersiva e inclusiva para uma exposição virtual. A partir de imagens reais em 360°, captadas pela empresa carioca Media Glass, o visitante chega muito próximo a experiência física de visitar um museu, uma vez que essa tecnologia lhe traz autonomia absoluta para decidir o ritmo do seu trajeto pela exposição.A nova tecnologia também permite que o visitante, ao clicar nas tags disponibilizadas, tenha acesso a informações relevantes sobre os itens expostos.

“A Arte do Ofício” conecta com absoluta naturalidade as mais diversas áreas – química, física, história, tecnologia e arte – que se mesclam e evidenciam a capacidade do ser humano de pensar, criar e desenvolver coisas inimagináveis a partir da pesquisa e da experimentação. A exposição é um projeto rico em detalhes e curiosidades, que nos lembra de onde viemos, onde estamos neste momento da história, enos aponta, de forma otimista e inspiradora, para onde vamos.

Da pedra lascada aos novos conceitos de vida


Neste passeio virtual, o visitante conhece no primeiro módulo as pedras lascadas como instrumentos de domínio da natureza, que esboçavam pregos e ferramentas rudimentares.

Então, no módulo 2, o Homem descobre a energia, potencializando a força muscular com as máquinas e um amplo repertório tecnológico. Neste modulo é possível conhecer diferentes artefatos desenvolvidospelo homem ao longo dos séculos no aperfeiçoamento de seus ofícios.

O módulo 3 trata da comunicação, pilar fundamental no desenvolvimento da sociedade e na transmissão do conhecimento entre gerações. A exposição conta com uma belíssima seleção de objetos históricos, que narram o percurso da comunicação humana.

Já o módulo 4 trata dos materiais, que não existiam na natureza, mas que foram desenvolvidos e transformados por meio de processos criativos. Este módulo ressalta a importância da parceria entre a ciência e a indústria para encontrar soluções e transformar a matéria-prima em materiais utilizáveis pelo Homem.

O módulo 5 trata da revolução digital e a sociedade atual 4.0 e que a tecnologia abre espaço para um universo repleto de possibilidades. Vídeos e projeções criam uma experiência imersiva e única aos visitantes.

Por fim, o módulo 6 convida o visitante a um passeio cronológico, revisando as sociedades pelas quais passamos até um vislumbre do que será a sociedade 5.0. Com uma linguagem descomplicada e dinâmica, apresenta-se um novo conceito de vida desenvolvido no Japão, valorizando a sustentabilidade, a qualidade de vida e a inclusão.

SERVIÇO:


Sesi Cultura Paraná apresenta: exposição virtual permanente “A Arte do Ofício”
Gratuita
Acessível a partir do dia 3 de novembro no Canal do YouTube do Sesi Cultura – https://www.youtube.com/user/sesicultura
Link da Exposição

Sobre a curadora Rosa-Nina Liebermann


Formada em Design de Interiores, com licenciatura em Artes Visuais, pós-graduação em Comunicação e Mídia e MBA em Curadoria, Museologia e Gestão de Exposições, Rosa-NinaLiebermann possui uma trajetória cosmopolita. Nascida em Vitória (ES), morou durante 20 anos na Alemanha, onde trabalhou como cenógrafa em diversas produções artísticas e publicitárias. De volta ao Brasil, criou o escritório de produção Liebermann Projetos Criativos, que desenvolve produtos culturais múltiplos ligados a arte, moda, design e educação, entre eles o recém inaugurado Centro Cultural SESI Espírito Santo, o Movimento SENAI ModaLABe a edição virtual da exposição A Arte do Ofício, que temconcepção artística e curadoria assinadas pela arista.