Cultura Esporte

Evento debate cultura de arquibancada e paixão pelo clube alemão Borussia Dortmund

Museu do Futebol realiza live neste sábado (15), às 13h, e reúne jornalistas e representantes de torcidas brasileiras do time para debater a importância do Borussia

Considerada uma das maiores e mais apaixonadas torcidas, tendo a maior média de público do mundo desde 1998, o Borussia Dortmund sempre contou com o apoio de sua grandiosa torcida, a “Muralha Amarela”, em todos os jogos em casa. Antes da pandemia, o Borussia levava em média 80 mil pessoas ao seu estádio, também conhecido como Signal Iduna Park. No próximo sábado (15), às 13h, o Museu do Futebol, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, reúne especialistas para debater a cultura de arquibancada e a paixão pelo clube alemão.

Para falar desta paixão, convidamos Leandro Stein, repórter da Trivela e jornalista formado pela ECA-USP; Pedro Tatto, editor de imagem, amante do punk e do futebol, e responsável pela página @casualfootballbr; e representantes das maiores torcidas do Borussia Dortmunt no Brasil, Breno Di Yorio Benedito (Br BVB 09), Maiara Batista (presidente da Borussia Dortmund Brasil) e Giancarlo Santorum (Loucos Pelo BVB, torcida reconhecida oficialmente pelo clube). A mediação é de Matias Pinto, historiador e jornalista que atua como produtor da Central3, apresentando os podcasts Conexão Sudaca, Fronteiras Invisíveis do Futebol e Som das Torcidas.

Entre os temas a serem debatidos estão os criativos mosaicos e os cantos devotados da “Muralha Amarela”, e o fato de que, ao final de todas as partidas, independente do resultado, os jogadores se reúnem à beira do gramado e agradecem ao público com gestos que já viraram marca registrada, aplaudindo, reverenciando a torcida e cantando junto com a massa de torcedores.

A transmissão do evento será gratuita pelo Facebook e YouTube do Museu. Esta programação é realizada com o patrocínio da Evonik Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.