Educação Novidades

Escolas particulares definem calendários letivos para dias de jogos do Brasil

Sinepe-PR orienta que pais sejam avisados para se programarem em casos de cancelamento de aulas ou atendimento no contra-turno dos jogos

 

 As escolas particulares do Paraná vão decidir de forma autônoma se mantêm ou não o calendário de atividades em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo 2018. Segundo o Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe-PR), a orientação é a de que as instituições avisem os pais e responsáveis o quanto antes, para que eles possam se programar.

“A rede privada tem essa autonomia: cada mantenedor e diretor pode organizar as aulas de maneira a auxiliar as famílias, garantindo que o calendário letivo não seja prejudicado. Nós orientamos as escolas a organizarem sua vida escolar, atendendo as crianças no contra-turno dos jogos, ou colocando um telão no ginásio, por exemplo. Depende de como isso é gerido com as famílias. Muitos pais pedem para as aulas serem canceladas, pois não trabalharão no horário dos jogos”, explica Esther Cristina Pereira, presidente do Sinepe-PR.

Ainda assim, de modo geral, as escolas têm programado ações que não comprometam o cronograma de aprendizagem, suspendendo atividades avaliativas nos dias de jogos, mas mantendo o atendimento aos alunos no horário habitual.

Vale lembrar que alunos que não comparecerem devem levar falta. A indicação, de modo geral, é que os pais procurem a direção das escolas para avaliar caso a caso.