Bem Estar Novidades Saúde Tecnologia e Games

Em parceria com o Ministério da Saúde, Twitter exibirá notificação para informações sobre o novo coronavírus

Ao realizar buscas por termos ligados ao assunto, as pessoas receberão uma notificação com link para página oficial do Ministério da Saúde


Já está em funcionamento no Twitter um recurso que ajuda as pessoas a encontrar as melhores informações sobre o novo coronavírus. Aqueles que fizerem uma busca no Twitter por termos associados ao vírus vão receber, como primeiro resultado, uma notificação para acessar conteúdos oficiais do Ministério da Saúde (@minsaude ) relacionados ao tema.

Recém lançada pelo Twitter, a funcionalidade facilita o acesso a conteúdos completos e confiáveis sobre o novo coronavírus que estão disponíveis no site Ministério da Saúde . Entre as informações que podem ser encontradas estão detalhes sobre as causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção do novo coronavírus. O mesmo recurso também está disponível no Twitter em outros idiomas e em países espalhados pelo mundo, incluindo a região da Ásia.

“Temos um trabalho contínuo no Twitter para trazer novas funcionalidades e ressaltar informações confiáveis, relevantes e de alta qualidade na plataforma. Essa iniciativa junto ao Ministério da Saúde é parte de uma parceria que visa levar a população conteúdos relevantes relacionados a temática da saúde”, afirma Fernando Gallo, gerente de políticas públicas do Twitter Brasil.

Para o diretor de Comunicação do Ministério da Saúde, Ugo Braga, essa parceria é importante para as pessoas terem acesso à informação clara, transparente e atualizada. “A cada nova doença que surge no mundo, há muita informação desencontrada, medos e notícias falsas. Por isso, essa parceria com o Twitter é fundamental, porque direciona para a página do Ministério da Saúde, onde todas as informações sintomas, prevenção, número de casos no Brasil e no mundo são atualizadas dia e noite. O compromisso do Ministério da Saúde é levar informação clara e transparente para as pessoas”, destaca Braga.