Educação Últimas

Casal inaugura primeira unidade da Via Certa Educação Profissional em Maringá

Com o desemprego em alta com mais de 14 milhões de brasileiros sem carteira assinada, empreender tem sido a alternativa para muitas pessoas. Mas há também aqueles que procuram no empreendedorismo uma forma de renda extra e garantia para o futuro.

O casal Emerson de Jesus Gimenez Junior, de 34 anos, e Gabriela Gregolin Gimenez, de 33 anos, fazem parte dessa parcela de novos empreendedores que arriscaram em abrir algo durante a pandemia. Com o cenário de cursos profissionalizantes em alta no mercado, devido à alta procura das pessoas em se profissionalizarem, o segmento escolhido pelo casal não poderia ser outro, mesmo não tendo experiência na área.

Franquia em família

Em 2006, Emerson saiu de Presidente Prudente, interior de São Paulo, para cursar faculdade na UEM, em Maringá (PR). Foi lá que conheceu Gabriela, nascida em Birigui (SP), ela saiu de casa para estudar farmácia. O casal possui empregos estáveis e bem sucedidos. Ele trabalha em uma multinacional como analista de sistemas, e ela é farmacêutica na Prefeitura de Maringá.

“No último ano surgiu a vontade de sermos donos de nosso próprio negócio, e analisando as possibilidades surgiu a Via Certa como uma delas em conversa com meu primo que já é franqueado da rede e está muito satisfeito com o negócio. O que nos despertou em começar a empreender em algo que está em evidência. Decidimos encarar esse desafio, com muita expectativa de sucesso”, afirma Gabriela.

A unidade paranaense está prevista para ser inaugurada no próximo dia 29 de abril (quinta-feira). Esta é a primeira franquia na cidade, que conta com pouco mais de 430 mil habitantes, e a primeira do estado do Paraná.

Sem experiência

Apesar de Gabriela ter mestrado e doutorado em Ciências Farmacêuticas, o que a fez ter certa vivência no segmento educacional, esse é o primeiro negócio próprio do casal. Para isso, nortearão no suporte e treinamento oferecido pela franquia, algo muito forte e alvo de avaliações positivas entre os demais franqueados da rede.

Eles não pretendem deixar seus trabalhos fixos. Mas para que o negócio realmente dê certo, já que não estarão o tempo todo na franquia, contarão com uma equipe profissional de confiança e muito bem treinada, supervisionada por um gerente comercial e coordenadora pedagógica.

“Vamos supervisionar juntos o andamento dos serviços prestados pela nossa unidade e acompanhar de perto todas as ações para termos um bom faturamento”, diz a nova empreendedora.

Expectativas no novo negócio

Para a nova unidade foi preciso investir R$ 200 mil, entre taxa de franquia, espaço físico, equipamentos e a contratação de 7 novos funcionários. A expectativa é que em 12 meses consigam recuperar o dinheiro investido. Sem revelar números em relação ao faturamento, Gabriela conta que a perspectiva está bastante alta, já que a cidade tem grande potencial para receber novas oportunidades de negócios, além da busca pela capacitação de moradores locais e cidades adjacentes.

Para isso, os novos franqueados apostam no Sistema Flex oferecido pela rede de franquia. Nele, é possível com que o aluno se especialize diretamente da própria casa, sem a necessidade de se deslocar até a unidade física.

“É um grande desafio empreender em meio à pandemia, pois ficamos à mercê dos decretos que permitem ou proíbem o nosso trabalho. Claro que temos que colaborar para a contenção dos avanços da Covid, e acreditamos que já estamos caminhando para um cenário mais favorável ao comércio em geral. Mas acreditamos que neste momento a educação vai colaborar, e muito, no regresso ao mercado de trabalho para quem está desempregado. Por isso, estamos muito confiantes com esse novo negócio”, afirma a nova empreendedora da Via Certa.

A localidade

A terceira maior cidade do estado do Paraná se apresenta como uma ótima opção para empreender por ser considerada uma das melhores quando se trata do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Maringá ainda oferece um dos custos com impostos mais baixos do estado.

Os últimos dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising) divulgados por região são referentes ao segundo trimestre de 2020 e mostram que, o sul faturou durante esse período R$5,038 bilhões. Ainda segundo a pesquisa, a região concentrava 960 redes de franquias, enquanto que no mesmo período de 2019 o número de marcas presentes no sul do país era de 921, uma variação de crescimento de 4%.

As unidades franqueadas também cresceram de um ano para o outro. Em 2020 a região concentrou 18.159 operações, enquanto que no ano anterior era de 16.469, ou seja, um aumento de 10% na variação.

Entre os maiores segmentos em participação por unidades no segundo trimestre do ano passado, destaca-se o setor de alimentação, que representa 25,2% das unidades ativas, seguido por saúde, beleza e bem estar (19,3%), e serviços educacionais (12,3%).

“Maringá, como qualquer cidade grande, tem um leque de opções para quem quer estudar e se especializar. Temos diversas faculdades, cursos técnicos e escolas de cursos profissionalizantes. Mas pretendemos entrar neste mercado com muita energia, oferecendo o diferencial que é estudar na Via Certa, com cursos de muita qualidade e curto tempo de duração. Além de oferecermos um ótimo atendimento aos nossos futuros alunos, com ambiente acolhedor”, finaliza Gabriela.

Expansão

Impulsionado pela necessidade da população se qualificar para a retomada ao mercado de trabalho após a série de demissões provocadas pela pandemia, a Via Certa, que tem a franqueadora localizada em Birigui, cresceu 67% no número de unidade nos últimos 12 meses.

Em breve está previsto inaugurações nas cidades de São Paulo, nos bairros de Santana e São Matheus, aumentando para 47 o número de unidades da marca. Temos ainda as cidades de São Luiz/MA, Bauru/SP e Castilho/SP, já contratados, porém sem uma data definida para inaugurações.

Sobre a Via Certa

A Via Certa é uma rede de franquias com atuação no mercado de cursos profissionalizantes criada em 2012, em Birigui (SP). Com uma metodologia Flex, promovendo aulas individualizadas e vivenciais, a marca possui uma grade com mais de 30 cursos de diversos segmentos voltados para estudantes e adultos com idade ilimitada. Atualmente são mais de 50 unidades espalhadas pelo Brasil, cujo investimento inicial do modelo de negócio é a partir de R$ 134.944,60 na modalidade Física, e R$ 15 mil na modalidade exclusivamente on-line. https://viacertacursos.com.br/

Serviço:

Via Certa Educação Profissional – Maringá (PR)

Av. Prudente de Morais, 842, Zona 07

(44)3052-7000