Bem Estar Saúde

5 dicas para aumentar a imunidade durante a quarentena

Manter uma rotina saudável e alguns hábitos simples pode ajudar a fortalecer as defesas do organismo durante esse período.

Um dos grandes desafios do isolamento social em casa é seguir uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos regularmente. Mas, para conseguir garantir mais saúde, disposição e produtividade, é fundamental manter hábitos saudáveis, especialmente por conta da nossa imunidade. Essa rotina é essencial para que o nosso corpo esteja preparado para nos defender.

Nos últimos dias, muitos especialistas têm recomendado que as pessoas busquem formas de fortalecer o organismo. Afinal, o sistema imunológico é a defesa natural do corpo contra agentes que podem prejudicar a saúde. Mas como?

De acordo com o Nutricionista do Vigilantes do Peso, Matheus Motta, algumas práticas podem ser benéficas à saúde e se tornam aliadas para garantir o bom funcionamento do sistema imunológico. “É importante lembrar que se alimentar bem e manter-se ativo durante os dias de quarentena faz bem ao corpo e à mente, nos deixando ainda mais saudáveis. Para isso, procurar maneiras de se exercitar e manter um cardápio rico em nutrientes é algo essencial”.

Por isso, reunimos algumas dicas que podem ajudar. Confira:

Coma bem

Uma dieta saudável e variada é fundamental. “Frutas e vegetais contêm fitoquímicos imunológicos e algumas vitaminas e minerais parecem aumentar as defesas do corpo”, explica Matheus. “Isso inclui vitamina C e vitamina A. O zinco e o selênio também são importantes. Esteja ciente de que a deficiência de ferro também tem um efeito imunossupressor. Boas fontes de ferro incluem carne vermelha, peixe, fígado, feijão e leguminosas.”

Mexa-se

“Ser fisicamente ativo mobiliza as células imunológicas, que ficam em órgãos e vasos sanguíneos”, explica o professor e imunologista Arne Akbar da University College London (UCL). Segundo um estudo realizado com 1.000 pessoas, as que eram mais ativas (realizando cinco sessões de exercícios aeróbicos por semana) reduziram, aproximadamente, metade do número de dias em que ficam resfriadas.

Durma o suficiente

Poucas horas de sono podem te colocar em maior risco quando falamos de imunidade . De acordo com dados da WW, um estudo monitorou os hábitos de sono de 150 adultos por duas semanas antes de expô-los a um vírus de resfriado. Aqueles que dormiam menos de sete horas por noite tinham três vezes mais chances de pegar um resfriado subsequente do que o restante.

Fuja do estresse

O estresse crônico pode deixar o sistema imunológico sobrecarregado, com níveis elevados de hormônios do estresse (cortisol e noradrenalina), nos tornando mais suscetíveis a infecções. Se o estresse a longo prazo estiver afetando seu bem-estar, meditar pode ajudar.

Cuide do seu intestino

Existem trilhões de bactérias em nosso intestino que ajudam a digerir os alimentos, mas que competem por nutrientes e espaço com micróbios nocivos. Elas também liberam compostos antimicrobianos e se comunicam com o sistema imunológico de maneiras que os pesquisadores estão investigando continuamente. Por isso, é importante cuidar do seu organismo como um todo.

Essas dicas vão ajudar a fortalecer seu organismo de maneira saudável. Então que tal colocá-las em prática agora mesmo?